Após comandar o treino desta terça-feira (21), o técnico Leão cobrou uma definição para a política de investimentos do Corinthians. O treinador quer saber se poderá contar com "nomes de destaque no futebol", ou se terá de trabalhar com os garotos para o primeiro semestre da temporada 2007 – quando o clube disputará a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista.

"É lógico que pretendo coisas maiores para o clube, pois o nosso objetivo é conquistar títulos", contou o treinador. "Se a MSI (parceira do clube) não quiser investir, vamos sentar e conversar. Tenho certeza que o presidente Alberto Dualib não aceitará essa postura e brigará por investimentos", afirmou o treinador.

Leão ainda contou que evitar o rebaixamento do Corinthians no Brasileirão foi o trabalho mais difícil de sua carreira. Por esse motivo, o treinador quer ter uma temporada mais tranqüila. "Precisamos definir como vamos trabalhar. O São Paulo, que recentemente conquistou o título, já contratou reforços (o lateral Jadilson).

Elenco volta aos trabalhos

Para a partida contra o Botafogo, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, Leão não poderá contar com o jovem atacante Wilson, que sofreu uma lesão muscular na coxa. Em contrapartida, o treinador terá os retornos dos meias Roger e Ramon, que se recuperaram de lesão e treinaram normalmente com o elenco.

O volante Magrão e o atacante Amoroso não treinaram hoje por causa de uma intoxicação alimentar. O duelo contra o time carioca acontecerá no próximo domingo, no Rio de Janeiro.