Cerca de 3,4 milhões de pessoas viajaram de avião dentro do país no mês passado, segundo levantamento do Departamento de Aviação Civil (DAC), divulgado hoje (9) pelo Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea).

O volume é 26% maior que o de julho de 2004 ? e marcou a maior elevação do setor, desde que o índice é registrado. Nesses dados, cada assento ocupado é considerado como sendo um passageiro, independentemente do número de vôos feito por cada pessoa.

Nas linhas internacionais, o tráfego aéreo também cresceu, mas em proporção menor. Foram 7,6% mais passageiros transportados em julho em relação a julho de 2004. Os vôos para o exterior transportaram cerca de 2,4 milhões de pessoas, contra 2,29 milhões em 2004.

A taxa de ocupação nos assentos também aumentou e alcançou 78% nas rotas nacionais, contra 74% no ano passado. Nas linhas internacionais, nas quais pesa a suspensão dos vôos da Vasp, a taxa de ocupação chegou a 81% em julho deste ano. Nos sete meses de 2005, a aviação civil já registra crescimento de 16% no tráfego aéreo doméstico e de 11,8% no movimento internacional, em comparação ao mesmo período do ano passado.