As projeções de mercado para o IPCA de 2005 subiram de 5,88% para 6,04% na
pesquisa semanal (Focus) divulgada hoje pelo BC. Com esta sexta elevação
consecutiva, as expectativas de inflação para este ano se distanciaram ainda
mais do objetivo de inflação perseguido pelo BC, de 5,1%, e começaram a se
aproximar do teto da banda (7%) estabelecido em relação ao centro da meta
original (4,5%).

Para 2006, as previsões de inflação do mercado
continuaram estáveis em 5%, porcentual superior ao centro da meta para o ano, de
4,5%. As projeções de IPCA em 12 meses à frente, em contrapartida, recuaram de
5,57% para 5,48%. Este porcentual é igual ao da projeção feita em pesquisa
divulgada pelo BC há quatro semanas.

Para este mês de abril, as previsões
de inflação subiram de 0,51% para 0,60%. Para maio, as previsões de inflação
ficaram em 0,45%. As previsões de IPCA para 2005 das instituições Top Five (as
cinco com maior grau de acerto das projeções), no cenário de médio prazo,
subiram de 5,77% para 5,83% na mesma pesquisa. A previsão anterior (5,77%) havia
se mantido estável por três semanas consecutivas.