As operações foram suspensas no Aeroporto Internacional de Congonhas, na zona sul de São Paulo, às 16 horas de hoje, devido aos fortes ventos na região. Além da ventania, segundo a assessoria da empresa, as imediações do aeroporto estão sem energia elétrica. A iluminação em Congonhas era mantida por meio de um gerador.

Até o fechamento da pista, a Infraero contabilizava apenas 5 decolagens com atrasos superiores a 45 minutos, das 203 programadas. Ou seja, 2,5%. Os dados correspondem ao período das 5h30 as 16 horas.