Identificado oficialmente o corpo da curitibana Fernanda Damian de Almeida, de 30 anos, vítima do desastre ambiental envolvendo a mineradora da Vale, em Brumadinho (MG). A informação foi confirmada na noite deste sábado (16), pelo Instituto de Identificação do Paraná (IIPR).

Dada como desaparecida desde o dia 25 de janeiro, Fernanda tinha viajado para o município mineiro junto com noivo, Luiz Taliberti, 31, a turismo. Eles estavam hospedados numa pousada próxima da barragem e, após o desastre, apenas o corpo do rapaz tinha sido encontrado. Depois de inúmeras buscas, a família de Fernanda chegou a afirmar à imprensa que já não tinha esperanças de encontrá-la com vida.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Grávida de 4 meses, a jovem residia na Austrália e aproveitava a viagem ao Brasil para planejar o chá de bebê e também seu casamento com o arquiteto paulistano.

Considerada a maior tragédia ambiental da história do país, o rompimento da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho (MG), aconteceu no dia 25 de janeiro. Segundo última atualização da Defesa Civil do município, localizado a cerca de 65 km de Belo Horizonte, a tragédia já contabiliza 166 mortos.