O setor de compra coletiva brasileiro faturou R$ 98,2 milhões em janeiro de 2012, representando um crescimento de 7,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. As informações são de um levantamento apresentado pelo InfoSaveMe, indicador criado pelo agregador de ofertas de compras coletivas SaveMe, em parceria com o e-bit. “O ano de 2012 já começa a dar sinais positivos. Muitos recordes serão quebrados no e-commerce”, afirma Pedro Eugênio , CEO do Busca Descontos portal que reúne cupons de descontos dos principais players do país e do Loucas por Descontos , agregador das melhores ofertas dos principais sites compras coletivas para o publico feminino.

Segundo o relatório, foram comercializados 2,1 milhões de cupons a um ticket médio de R$ 46,37. Foram registradas mais de 12.624 ofertas publicadas no primeiro mês de 2012, cujos descontos representaram aos consumidores uma economia de R$ 186 milhões.

A categoria com maior faturamento no período foi a de Hotel e Viagens , que correspondeu a 34% da receita total. Em segundo está a categoria de Produtos (20%), seguida de Saúde e Beleza (18%).

Categorias com menor ticket médio lideraram em termos de volume de cupons vendidos. A principal é a de Restaurantes , que representou 31% do total das vendas. Saúde e Beleza se mantém entre as principais, com 19% do total, enquanto Entretenimento aparece logo em seguida com 18%.