A produção industrial da Alemanha caiu 0,8% em setembro em relação a agosto, em termos sazonalmente ajustados, na medida em que a recuperação econômica do país prosseguiu em ritmo mais moderado, de acordo com dados divulgados hoje pelo Ministério da Economia. Economistas esperavam que a produção industrial alemã aumentasse 0,5%.

Em comparação com setembro do ano passado, houve expansão de 7,9% na produção industrial da Alemanha, em termos ajustados pelos dias úteis, e 8% em termos não ajustados. O recuo mensal na produção foi puxado pela queda de 0,9% no setor de manufatura, que em agosto havia subido 1,8%. Dentro desse setor, a produção de bens intermediários foi 2% menor em setembro e a produção de bens de consumo caiu 0,6%. Já a produção de bens de capital ficou estável em setembro ante agosto.

De acordo com o ministério, a produção do setor de construção subiu 0,4% no mês, depois de cair 0,2% em agosto, e a produção do setor de energia cresceu 1,2%, após recuo de 1%. No período de agosto a setembro, a produção industrial média aumentou 1,2% em comparação com o período de junho a julho. As informações são da Dow Jones.