Brasília – O brasileiro poderá contar com redução do preço do feijão ao longo deste ano. A previsão é do diretor de Logística e Gestão Empresarial da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Sílvio Porto. Em 2007, o preço do produto mais do que dobrou: apresentou alta acumulada de 123,8%.

De acordo com o diretor, um dos fatores que levarão à redução dos preços é a recuperação de 29% da área plantada na segunda safra do feijão no Paraná, com plantio em janeiro. ?Acreditamos que essa segunda safra do paraná tende a regularizar o mercado?, disse. Ele acrescentou que há ainda a terceira safra, com produção irrigada no Centro-Oeste. ?Essa produção poderá crescer bastante?.

Porto informou que não tem uma estimativa de quanto será essa redução no preço. ?Temos uma boa possibilidade de produzir muito feijão ainda este ano e conseqüentemente termos preços menores para os nossos consumidores?, enfatizou.