O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmou hoje que o financiamento da instituição para infraestrutura neste ano deve ficar entre R$ 58 bilhões e R$ 59 bilhões. De acordo com ele, o crédito do BNDES para infraestrutura em 2011 deve ter alcançado pouco mais de R$ 54 bilhões.

“A presidenta Dilma tem nos orientado sobre a importância do investimento de longo prazo”, acrescentou ele, durante aula no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos. O presidente do BNDES ressaltou ainda que a Petrobras tem o maior programa de investimentos do mundo entre as empresas internacionais de energia.

Coutinho afirmou hoje que o crédito tem uma perspectiva de expansão muito grande no Brasil. Segundo ele, em 20 anos o crédito pode atingir 70% do Produto Interno Bruto (PIB) do País.

Ele afirmou ainda que um dos desafios do Brasil é que o investimento cresça mais do que o consumo. Para ele, isso é importante para evitar pressões inflacionárias. Coutinho estimou que será preciso elevar o investimento para o equivalente a 24% do PIB. Em outro momento de sua fala, Coutinho disse que o Brasil precisa evitar a importação de poupança de 3 a 4 pontos porcentuais do PIB.