O aumento na estimativa de produção para a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas de 2015 deve-se às maiores produções previstas para o Nordeste (+24,7%), Sudeste (+10,5%) e Sul (+7,5%), segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de dezembro, divulgado nesta sexta-feira (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o órgão de estatística, entre os oito principais produtos, seis apresentam altas na produção: café arábica (1,1%), feijão 1ª safra (16,2%), amendoim (em casca) 1ª safra (18,4%), soja (11,4%), arroz (em casca) (3,2%) e o milho 1ª safra (3,0%). Dois dos oito principais produtos apresentam variação negativa na produção: algodão herbáceo (-7,4%) e café canephora (-1,1%).

Com relação à previsão para a área, apresentam variação positiva o café canephora (0,9%), o feijão 1ª safra (6,5%), a soja (3,1%) e o milho 1ª safra (1,3%). O algodão herbáceo (-7,9%), o arroz (-1,0%) e o café arábica (-2,0%) tiveram as estimativas revistas para baixo, enquanto o amendoim 1ª safra praticamente não variou (0,0%), com uma redução de apenas 21 hectares.