Neste final de semana, sábado 1.º de maio e domingo, 2, será realizada na Praça Osório, centro de Curitiba, a segunda edição da Feira do Emprego e da Capacitação Profissional.

Ontem o local já recebia as primeiras das 40 barracas para as 52 empresas que irão participar da feira promovida pela Prefeitura de Curitiba, com o apoio de várias entidades sociais, entre elas o Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná.

Ao todo, estão sendo disponibilizadas cerca de 5 mil vagas de trabalho e 3 mil vagas para cursos de capacitação e qualificação profissional, graduação e pós-graduação.

O atendimento ao público será feito das 9h às 17h e as inscrições serão gratuitas. Em 2009, quando começaram a ser realizadas as feiras, 64 mil pessoas foram atendidas durante os dois dias do evento. A expectativa da Secretaria Municipal do Emprego e Trabalho é que mais de 70 mil pessoas passem pelos dois dias da feira neste fim de semana.

Empresas de recursos humanos e intermediação de mão de obra, instituições de qualificação profissional, entidades sindicais, empresas de telemarketing e supermercados, instituições de ensino, além de secretarias e outros órgãos municipais, irão participar da feira.

O evento é em comemoração ao Dia do Trabalho, 1.º de maio. Um culto ecumênico no sábado, às 8h30, irá marcar o início da feira. O atendimento ao público começará às 9h.

“A feira é uma oportunidade de reunião entre quem tem empregos para oferecer e quem está procurando uma vaga no mercado de trabalho. Esse é um papel que o poder público pode e deve desempenhar, como agenciador de empregos, oferecendo oportunidades de melhoria de vida”, diz Paulo Bracarense, secretário municipal do Trabalho e Emprego.

Quem for à feira em busca de oportunidades de emprego deve levar documentos pessoais, como carteiras de identidade e de trabalho, CPF, título de eleitor e, se quiser, um currículo para deixar com as empresas.

Cursos

Além das vagas de emprego, as pessoas que forem à feira poderão obter informações sobre cursos de capacitação profissional, de qualificação, programas de saúde do trabalhador e serviços de empregabilidade da Prefeitura. Também estarão disponíveis serviços de auxílio de preenchimento de currículos e confecção de carteiras de trabalho para quem ainda não possui o documento.