Depois de uma rodada de reuniões em Washington (EUA), os governos de Brasil e Estados Unidos assinaram um memorando para facilitação do comércio entre os dois países, informou nesta sexta-feira, 20, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC

De acordo com o órgão, o documento estabelece linha de ação para cooperação dos dois países. Serão identificados setores econômicos “promissores” em que possam ser adotadas ações para simplificar ou reduzir exigências burocráticas. “Os governos dos dois países pretendem, assim, reduzir custos e prazos do comércio bilateral, expandindo-o”, afirma nota do ministério.

Nessa primeira rodada de reuniões, foi assinado ainda um acordo entre a Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (Anfacer) e a Tile Council of North America (TCNA) para harmonizar normas técnicas do setor. Acordos semelhantes estão em discussão nas áreas de máquinas, equipamentos e têxtil.

“Os Estados Unidos são um mercado prioritário para o Brasil. Em fevereiro, os dois países haviam definido que facilitação de negócios e convergência regulatória seriam os temas principais e já avançamos nas duas áreas, de forma inédita. Queremos facilitar e ampliar o comércio bilateral”, disse o ministro, Armando Monteiro, em nota.