O Banco Central da Dinamarca cortou a principal taxa de juros pela segunda vez nesta semana, na tentativa de reduzir o interesse na moeda local dos investidores que venderão euros depois de o Banco Central Europeu (BCE) anunciar mais medidas de estímulo monetário.

A taxa de depósitos diminuiu para -0,35%, de -0,20%. Na segunda-feira a taxa havia sido reduzida de -0,05%. As outras taxas básicas de juros permaneceram inalteradas.

A decisão do banco central dinamarquês foi anunciada 90 minutos depois de o presidente do BCE, Mario Draghi, revelar uma expansão do programa de compra de bônus da instituição. O movimento do BCE derrubou o euro, ampliando a atratividade da coroa dinamarquesa. A coroa dinamarquesa é atrelada ao euro. Fonte: Dow Jones Newswires.