O Banco Central da Austrália (RBA, pela sigla em inglês) decidiu nesta terça-feira manter sua taxa básica de juros na mínima histórica de 1,5%, patamar em que se encontra desde agosto de 2016. A decisão de política monetária do RBA veio em linha com as expectativas.

O BC australiano também reiterou projeções otimistas de que o sólido crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país e a queda na taxa de desemprego eventualmente gerarão taxas de inflação e de juros mais altas.

“O cenário central é de que a economia australiana cresça cerca de 3% este ano e um pouco menos em 2020”, afirmou o presidente do RBA, Philip Lowe, em comunicado. “A perspectiva de crescimento é sustentada pelos investimentos das empresas cada vez maiores e níveis de gastos mais altos em infraestrutura pública”, acrescentou.

O dólar australiano se fortaleceu desde a publicação do comunicado do RBA. Às 4h25 (de Brasília), a moeda da Austrália subia a US$ 0,7260, de US$ 0,7227 no fim da tarde de ontem. Antes da decisão, a divisa australiana era negociada a US$ 0,7208. Com informações da Dow Jones Newswires.