A assessoria de imprensa do Banco Central (BC) desmentiu hoje a informação publicada nesta quarta-feira pelo jornal Valor Econômico de que o presidente da instituição, Henrique Meirelles, pode deixar o cargo antes do fim do ano. “A informação não é verdadeira”, afirmou a assessoria da autoridade monetária.

De acordo com o jornal, Meirelles poderia deixar a presidência do BC antes de 31 de dezembro – último dia do mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva – para deixar o novo presidente “à vontade” para montar a equipe. A saída, segundo a reportagem, poderia acontecer após a conclusão do ciclo de aperto monetário que deve ter início em abril.