Policias da delegacia de Quatro Barras retornaram ao local da execução do soldador Dilson Alves de Oliveira, 30 anos, para tentar conseguir novas informações sobre a possível autoria do crime. O homem foi morto com três tiros, dois na cabeça e um no peito, na noite de quarta-feira (10), na rua Treze de Maio, no bairro Menino Deus.

Moradores da rua afirmaram ouvir cinco disparos e em seguida um carro modelo Gol, de cor escura, deixar o local. “Estamos começando a fazer os levantamentos e temos poucas informações. Voltamos ao local para ver se conseguimos encontrar testemunhas”, explica o superintendente Luiz Fernando Barbosa.

O caso será conduzido pelo delegado Voltaire Garcia, que reassume a delegacia da cidade. O delegado Gerson Machado, que estava na respondendo pela DP de Quatro Barras, foi transferido para a unidade de Pontal do Paraná. Ele assume o local de Richard Alain Lolli, que foi para Terra Roxa.