Uma ação na Rua da Cidadania Matriz, na Praça Rui Barbosa, promete auxiliar pessoas que possuam erros em algum documento como certidão de nascimento, certidão de casamento, RG ou CPF. O mutirão está marcado para a próxima quinta-feira (24) no Centro de Curitiba e acontecerá das 9h às 16h30 em alusão ao Dia do Defensor Público, comemorado no último sábado (19).

De acordo com a Associação dos Defensores Públicos do Paraná (Adepar), cerca de oito profissionais atenderão gratuitamente a população durante o dia expedindo ofícios para correção de erros em nomes, data e local de nascimento, e ainda iniciando o processo de eventuais ações judiciais que sejam necessárias para solucionar os problemas apresentados. “Nosso objetivo é garantir que todas as pessoas tenham documentação adequada para acessar os serviços públicos”, informou Lívia Martins Salomão Brodbeck, presidente da Adepar.

Além das retificações em documentos, Lívia também informa que os defensores realizarão o registro tardio de pessoas que, por algum motivo, nunca tiveram seu registro de nascimento. Apenas no Paraná, mais de 230 mil pessoas não possuem o documento, segundo a Associação. “E também atenderemos pessoas travestis e transexuais que pretendem alterar seus documentos oficiais para que seu nome e sexo se adequem à sua identidade de gênero”, informou.

Atendimento

Para receber atendimento no mutirão, o interessado deve levar toda a documentação que possuir. “Se você tem a certidão com nome errado, por exemplo, leve essa certidão e algum outro documento com o nome correto, como um cartão do Sistema Único de Saúde (SUS)”. Além disso, é necessário apresentar um comprovante de residência.

A análise dos casos serão realizadas por ordem de chegada e os problemas não serão resolvidos na hora devido ao processo necessário. “Nós vamos encaminhar os pedidos para os cartórios, mas o importante é que o primeiro passo será dado”, afirmou Ligia.

A ação é uma parceira com a Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS) e será repetida na quinta-feira (25) no Centro de Referência de Assistência Social Vila Torres (CRAS) – Rua Aquelino Orestes Baglioli, 120 -, onde também acontecerá das 9h às 16h30.

https://www.tribunapr.com.br/noticias/curitiba-regiao/precisa-tirar-o-rg-finalmente-vai-ficar-mais-facil/