O reitor padre do Santuário da Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Alto da Glória, em Curitiba, foi transferido para a UTI do Hospital Marcelino Champagnat para tratar da infecção de coronavírus. O sacerdote apresentou os primeiros sintomas de coronavírus na semana passada e está internado no hospital desde o último sábado (4). Além do reitor, outros três missionários também testaram positivo para a covid-19.

LEIA TAMBÉM De saúde boa à UTI em horas. Agressividade da covid-19 preocupa em Curitiba

“A gente não tem nenhuma novidade ainda, está internado na UTI bem debilitado. Ele sentia muita febre e tosse, e não saiu muito da cama”, explica o seminarista William Adriano, que mora na mesma casa paroquial do padre Celso.

“Somos em quatro na casa. Sérgio [padre Sérvio Lima] teve sintomas e está bem, o confrade [Cleverson Antonio Marques] não teve nada. Eu tive alguns sintomas de tosse e estamos seguindo todos isolados. Estamos todos bem, só o Celso que teve agravamento, estado delicado”, comenta William.

Em nota, o santuário agradece por todos aqueles que estão unidos pela fé com seu pastor e pede que intensifiquem as orações pela recuperação da saúde de padre Celso Cruz.


Precisamos do seu apoio neste momento!

Este conteúdo te ajudou? Curtiu a forma que está apresentado? Bem, se você chegou até aqui acredito que ficou bacana, né?

Neste cenário de pandemia, nós da Tribuna intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise. Bora ajudar?

Ao contribuir com a Tribuna, você ajuda a transformar vidas, como estas

– Pai vende vende 1000 bilhetes de rifa com a ajuda da Tribuna pra salvar o filho
– Leitores da Tribuna fazem doação de “estoque” de fraldas para quíntuplos
– Leitores se unem para ajudar catadora de papel de 72 anos

E tem várias outras aqui!

Se você já está convencido do valor de sua ajuda, clique no botão abaixo