O uso de máscara no trabalho é uma das preocupações da Secretaria de Saúde de Curitiba. De acordo com a secretária Márcia Huçulak, muitas pessoas acabam relaxando o uso da máscara quando estão em serviço, abrindo espaço para contaminação. Segundo ela, o vírus não pula de uma pessoa para outra, mas é transmitido quando a pessoa toca uma superfície contaminada e leva a mão ao rosto, boca, nariz.

+Leia mais! Curitibana que ficou conhecida por meme da internet morre após luta contra o câncer

“Segue o alerta importante para o uso correto da máscara, bem como a lavagem constante das mãos. O vírus não pula de uma pessoa para outra, ele é levado pela mão, após contato com uma superfície ou na proximidade com uma pessoa sem máscara”, alertou a secretária. Nesta segunda-feira Curitiba contabilizou 267 óbitos, desde o dia 11 de março.

A preocupação da secretária com relação ao uso correto da máscara surgiu após ela verificar muita gente sem a proteção nos ambientes de trabalho. “Vemos várias situações em que as pessoas, quando estão em ambiente de trabalho, tiram a máscara. Esta medida (uso da máscara) tem se provado uma barreira importante e que elimina a possibilidade do contágio”, alertou a secretária.

Por isso, o uso da máscara, bem como a lavagem correta do item, se junta à importância de ventilação de ambientes. “Muita gente está deixando o ambiente fechado, é importante arejar aos locais o tempo todo. Abre a janela, ventila bem, deixa o ar passar”, disse. Na semana passada Huçulak alertou para a agressividade do vírus. Em alguns casos, por exemplo, o paciente está bem de manhã e acaba não resistindo após ser entubado no final do dia.

Para a médica infectologista da prefeitura de Curitiba, Marion Burger, mesmo aqueles que trabalham ao ar livre precisam se cuidar. “Os trabalhadores estão juntos, numa proximidade, se todos usarem máscara estará protegendo a si e ao outro. É uma questão de saúde pública e também individual”, disse.

Tá com sintomas? Ligue!

Está sentindo um quadro gripal, febre, nariz escorrendo, dor de garganta ou dor no corpo? Pode ser covid-19. A prefeitura pede para que os cidadãos que tiverem estes sintomas que entrem em contado pelo telefone (41) 3350 9000. “Se não for nada grave, irá receber orientações de como proceder. No nossa equipe está bastante atenta e orienta adequadamente as pessoas”, disse a secretária.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?