Motoristas que circulam pelos bairros Portão e Água Verde, em Curitiba, precisam estar atentos às mudanças no trânsito a partir da próxima semana, quando um novo binário entra em operação na região. O sentido único de circulação começa a valer às 15h da próxima terça-feira (23), na Rua Amazonas e na Avenida dos Estados com a continuação dela, a Rua Castro.

LEIA MAIS Curitiba e região metropolitana vão tomar decisões conjuntas para frear a pandemia

O novo binário completa os sentidos únicos já existentes nas ruas de acesso a essas vias: de um lado, a rua Professor Luís César, paralela ao Cemitério do Água Verde, e do outro, as ruas Arion Niepce da Silva e Engenheiro Niepce da Silva. 

“São três quilômetros de mão única que melhoram a fluidez de trânsito e reduzem riscos de acidentes, pelo fim dos conflitos em conversões e visibilidade”, explica a superintendente de Trânsito, Rosangela Battistella.

Novos sentidos

A Rua Goiás está com sentido único, no trecho entre a Avenida dos Estados e Rua Amazonas. Foto: Pedro Ribas/SMCS

Quem estiver seguindo sentido Água Verde pode acessar a mão única a partir da Rua Engenheiro Niepce da Silva, no cruzamento com a Avenida República Argentina, até chegar na Rua Amazonas. Pela Amazonas, o motorista chega na Rua Engenheiro José de Souza e, virando à esquerda nesta via e logo depois à direita, acessa a Rua Castro, que continua o sentido único nessa direção.

LEIA TAMBÉM – Ônibus e terminais lotados geram medo em quem precisa sair de casa pra trabalhar

Para o sentido Portão, a partir da Rua Professor Luiz César o motorista acessa a mão única da Avenida dos Estados no cruzamento com a Rua Santa Catarina, seguindo até que a via continue pelo sentido único da Rua Arion Niepce da Silva. Pela Avenida dos Estados, chegam a passar 1,5 mil veículos por hora de maior movimento. Pela Amazonas, 500.

Semáforos e EstaR

Com o binário, de acordo com a Prefeitura de Curitiba, dois novos cruzamentos passarão a contar com semáforos, para organizar o fluxo de veículos e a passagem de pedestres: entre a Avenida dos Estados com a Rua Goiás e entre as ruas Amazonas e Santa Catarina.

VIU ESSA? – Abertura de academias será revista: “Pandemia chegou”, diz secretária de Saúde

Com o objetivo de proporcionar maior rotatividade nas vagas de estacionamento, pela grande quantidade de comércio na região, haverá Estacionamento Regulamentado (EstaR) em três trechos: na Avenida dos Estados (da Rua Palmeiras até a Rua Guilherme Pugsley), na Rua Morretes (da Avenida dos Estados até a Avenida República Argentina) e na Rua Castro (da Rua Palmeiras até a Avenida Água Verde).

Calçadas e pista

Para o novo binário da cidade, foram feitas correções geométricas e alterações no traçado de calçadas e pista. “Também como preparação para o binário, outras alterações prévias estão ocorrendo, como parte de uma grande reestruturação no trânsito da região”, pontua Rosangela.

Desde a terça-feira (16), a Rua Murilo do Amaral Ferreira – perpendicular ao binário – tem sentido único em direção à Rua Castro, a partir da Rua Guilherme Pugsley – a via rápida sentido Portão-Centro. 

Na Rua Goiás, o sentido único está funcionando desde o fim da manhã desta quarta-feira (17), no trecho entre a Avenida dos Estados e Rua Amazonas. Houve, ainda, mudança em preferenciais. O motorista que estiver na Rua Engenheiro Niepce da Silva passou a ter preferência sobre aqueles da Rua Ponta Grossa. E o motorista que trafega pela Rua Amazonas agora tem a preferência no cruzamento com as ruas Morretes, Acre, Goiás, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.

Desde o mês passado, outras ruas do Água Verde funcionam em mão única: Travessa Capitão Clementino Paraná, Rua Salustiano Cordeiro e Rua Marquês do Paraná.

Mudanças nos ônibus

Com a implantação do novo binário, a Urbs fez alterações no itinerário das linhas 160 – Jd Mercês/Guanabara e 180 – Água Verde/Abranches e resolveu desativar a linha 285 – Juvevê/Água Verde. As alterações entram em vigor na terça-feira (23), com a implantação do novo binário. Cartazes foram colocados nos ônibus para orientar os passageiros sobre a alteração.

Nas linhas 160 – Jd Mercês/Guanabara e 180 – Água Verde/Abranches, as mudanças são na localização de alguns pontos, que podem ser conferidos no site da Urbs. Já na 285 – Juvevê/Água Verde, a mudança se deve à sobreposição das linhas da região e a queda acentuada de passageiros. Para minimizar o impacto da desativação, os usuários poderão fazer a integração temporal (através do cartão-transporte usuário) com a linha 180 – Água Verde/Abranches. As duas linhas possuem itinerário idênticos no trecho entre o Centro e o bairro Água Verde, então para o passageiro que faz esse trajeto nada muda.

No sentido norte, a linha 180 – Água Verde/Abranches atende a região do bairro Abranches e a linha 285 – Juvevê/Água Verde atendia o bairro Juvevê, que passa a ter como opção outras linhas: 023 – Inter 2 (anti-horário) na estação-tubo Agrárias e 021 – Interbairros II (anti-horário) na região da Rua dos Funcionários e Av. Munhoz da Rocha.
 
O passageiro poderá usar a integração temporal para fazer os deslocamentos. O usuário terá um tempo para sair de um ônibus e pegar outro sem pagar mais uma passagem.

Opções para os usuários

No sentido Juvevê ou Cabral, o passageiro vai utilizar a linha 180 – Água Verde/ Abranches e poderá realizar integração temporal com  a linha 203 – Sta. Cândida/C. Raso nas estações-tubo Alferes Poli ou Passeio Público, local onde as linhas se cruzam, sentido Terminal do Cabral. Após isso, é preciso realizar nova integração com a linha 022 – Inter 2 (horário) até estação-tubo Agrárias ou 020 – Interbairros II (horário) desembarcando na região da Av. Munhoz da Rocha ou Rua dos Funcionários. A integração temporal poderá ser feita em até 60 minutos.

LEIA AINDA – Paraná avalia lockdown regional após aumento de 354% nos casos de covid-19

No sentido Juvevê-Água Verde, há duas opções, ambas com 90 minutos para a integração temporal. A primeira alternativa é passar o cartão-transporte na estação-tubo Agrárias para acesso à linha 023-Inter 2 (anti-horário) até o terminal do Cabral. Lá, embarcar na linha 203 – Sta Cândida/Capão Raso sentido terminal do Capão Raso. Desembarcar nas estações-tubo Passeio Público ou Alferes Poli. Caminhar até o ponto da linha 180 – Água Verde/Abranches na Avenida Cândido de Abreu ou Rua 24 de Maio.

A segunda opção é utilizar a linha 021 – Interbairros II (anti-horário) com cartão-transporte e, caso não desembarque no terminal do Cabral, embarcar em qualquer ponto de parada comum com a linha 180 – Água Verde/Abranches na região do Parque São Lourenço.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?