Curitiba seguiu a linha do Paraná e registrou uma redução nos registros de furtos e roubos entre os meses de janeiro e setembro de 2020, ano em que a pandemia de covid-19 fez com que muita gente ficasse em casa. Segundo a Secretaria de Segurança do Paraná (Sesp), na capital, a queda foi de de 5,6% nas ocorrências de furtos e de 33,8% para o crime de roubo.

+Leia mais! Quatro colégios estaduais e dois Ceebja Curitiba podem fechar em 2021

No Paraná, segundo o levantamento, a redução foi de 24.377 ocorrências de furtos e roubos de janeiro a setembro de 2020 em relação ao mesmo período de 2019. O Estado registrou 130.034 crimes neste ano, contra 154.411 ocorrências dos crimes.

“Baseado na análise estatística, em média 89 pessoas não sofreram furto ou roubo no Estado por dia. Isso faz parte do nosso planejamento estratégico, que tem como foco reduzir os crimes e, principalmente, aumentar a sensação de segurança de cada um dos paranaenses”, afirmou o secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.

A pandemia de coronavírus, que deixou muitos paranaenses em isolamento como medida de proteção contra a covid-19 também foi apontava pelo comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Péricles de Matos, como fator de redução dos crimes. “Além disso, também tivemos a pandemia do  coronavírus, que fez com que o cidadão ficasse em isolamento social. Com isso, a redução na movimentação e o fluxo nas ruas impacta diretamente na eficácia do policiamento”, explicou o coronel.

+Viu essa? Curitiba vive escalada assustadora e bate recorde de novos casos e ativos

Cai o roubo de veículos

O levantamento da Sesp apontou ainda uma queda no número de furtos e roubos de veículos no Paraná. A redução nas ocorrências de furtos nessa categoria foi de 22,5% e de 21,6% no crime de roubo.