Dois erros da Prefeitura de Curitiba na folha de pagamento deste mês teriam feito com que um grande número de servidores recebesse menos do que deveria, afirma o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc). Foram prejudicados, acordo com o sindicato, os trabalhadores que recebem os salários mais baixos, de até R$ 1,6 mil, e os da área da saúde. É possível que outras categorias também tenham sido afetadas, mas o sindicato diz que ainda está contabilizando as denúncias feitas pelos próprios servidores e não tem um balanço oficial.

Os salários foram depositados na sexta-feira (20), último dia útil antes do recesso de fim de ano. Segundo o sindicato, o setor de Recursos Humanos da prefeitura teria reconhecido os erros e dito que faria os pagamentos que faltaram em janeiro.

Ao Sismuc, a prefeitura teria dito que o motivo seriam erros na publicação do decreto que estipula os valores dos benefícios. Esse decreto seria corrigido e republicado no mês que vem. O Sismuc, porém, pede que o pagamento seja feito com urgência ainda este mês.

O Sismuc afirma que nenhum dos servidores que ganha até R$ 1,6 mil recebeu, neste mês, o valor atualizado de vale-alimentação.