Nesta sexta-feira (27), Curitiba anunciou o endurecimento nas medidas de combate ao novo coronavírus com a instituição da bandeira laranja. A medida veio no mesmo dia em que pelo 3º boletim seguido a cidade bateu recordes negativos de novos casos e de infectados com vírus ativo transitando por aí.

Curitiba registrou 1.571 novos casos de covid-19 e 16 mortes causadas pela doença. Os números estão no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde, divulgado nesta tarde. Doze dos 16 óbitos aconteceram nas últimas 48 horas. As novas vítimas são 11 mulheres e cinco homens, com idades entre 21 e 90 anos. Três não tinham fator de risco para complicações da covid-19.

+ Leia mais: “Não vamos ter pra onde correr se a sociedade não nos ajudar”, desabafa Márcia Huçulak

Até agora são 1.694 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia. Com os novos casos confirmados, 75.015 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia. São 12.973 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus. São os maiores índices registrados desde o início da pandemia.

60.348 das pessoas que contraíram a covid-19 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

+ Veja também: Já ouviu falar na “fadiga da pandemia”? Saiba como lidar com o cansaço na quarentena

UTIs do SUS

Nesta sexta-feira, a taxa de ocupação dos 339 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 93%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 24 leitos livres.

Foram ativados, nesta sexta, cinco leitos de UTI adulto no Hospital Santa Casa.