A prefeitura de Curitiba anunciou, nesta sexta-feira, a ativação de 174 novos leitos exclusivos para covid-19 na cidade. O anúncio ocorreu pouco depois da mudança da bandeira amarela para a laranja – com medidas intermediária, já em vigor na cidade. Destes 174 novos leitos do SUS, 50 são de UTI e 124 de enfermaria e representam um aumento de 23% na capacidade hospitalar de Curitiba.

+Leia mais! “Estamos muito próximos do colapso”, diz Beto Preto ao suspender cirurgias eletivas no PR

As novas UTIs estão sendo ativadas nos seguintes serviços de saúde: 10 no Instituto de Medicina a partir de 02 de dezembro; 10 na Santa Casa (5 a partir de hoje e 5 na próxima semana); 30 no Hospital Municipal do Idoso (12 a partir de 29/11 e 18 a partir da próxima semana).

Já os novos leitos de enfermaria estão distribuídos da seguinte forma: 34 vão ser abertos no Hospital de Clínicas (24 na próxima semana e 10 na semana do dia 07 de dezembro); 50 na UPA Boqueirão (31 hoje e 19 na próxima semana); e 40 no Hospital Vitor do Amaral (na semana do dia 07 de dezembro).

“Esse movimento de adaptação dos serviços já estava previsto no plano de contingência. Com o novo cenário precisamos adotar medidas para ganhar eficiência no enfrentamento à pandemia”, explicou a superintendente Flávia Quadros, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

UPA exclusiva pra covid-19

A partir desta sexta-feira (27/11) a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Boqueirão terá a suspensão temporária de atendimento geral por busca direta e passa a atender exclusivamente casos de covid. No local estão sendo ativados 50 leitos de enfermaria exclusivos para a covid-19, 31 já foram ativados, outros 19 serão ativados na próxima semana.