enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

MEIO AMBIENTE

Com serviço gratuito suspenso, recolhimento de animais domésticos mortos custa até R$ 800 em Curitiba

Contrato entre prefeitura e empresa da área expirou e não há prazo para retomar coleta

  • Por Gazeta Do Povo
Foto: Arquivo.

Donos de animais domésticos que quiserem dar o destino correto a seus pets após a morte desses bichos podem ter de desembolsar até R$ 800 para fazer isso em Curitiba. O serviço gratuito de recolhimento dos animais, até então feito pela prefeitura através do 156, foi suspenso há quase um ano e segue sem previsão para ser retomado. A situação deste tipo de coleta, que já representou cerca de 23 toneladas de resíduos recolhidos por mês na capital, segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, veio à tona nesta segunda-feira (24), na Câmara Municipal. Na ocasião, a vereadora Fabiane Rosa (PSDC) relatou ter recebido uma resposta do Executivo sobre o contrato com a empresa até então responsável pela coleta, a Cavo.

Orçado em R$ 1 milhão por um período de 12 meses, o contrato, informou a prefeitura, expirou em abril passado e não foi mantido por falta de recursos. Há a possibilidade de oferecer o serviço novamente por meio de um novo edital de licitação. Essa concorrência, no entanto, ainda não tem previsão para ocorrer. O edital anterior abrangia também o recolhimento de animais encontrados mortos em vias públicas, serviço que a prefeitura continua prestando por conta própria.

LEIA MAIS: Vereadora propõe censo de animais domésticos

Enquanto o recolhimento estava disponível, o serviço correspondia a metade dos pedidos de remoção feitos pela população à prefeitura. Por enquanto, a orientação é que, em caso de morte de animais domésticos, empresas particulares sejam procuradas para a coleta. As opções aos donos de pets, porém, não são muitas. As três organizações que disponibilizam pacotes de remoção e enterro ou cremação que atendem a capital estão na região metropolitana, nas cidades de Colombo e Pinhais. Segundo levantamento da Gazeta do Povo, o preços dos serviços oferecidos varia entre R$ 290 e R$ 800, dependendo do porte do animal.

Contaminação

Apesar de não oferecer alternativa gratuita, a Secretaria do Meio Ambiente não recomenda o enterro de animais mortos em quintais, sob risco de contaminação. “Ao entrar em decomposição, os animais liberam substâncias que podem contaminar o solo e o lençol freático da região”, esclarece Alexander Biondo, professor de medicina veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Além disso, em caso de morte por zoonoses – doenças que podem ser transmitidas por animais aos humanos, como a leptospirose, por exemplo, o risco direto à saúde dos donos é alto, segundo o professor. Nessas situações, salienta ele, é necessário que a carcaça passe por um procedimento chamado de “micro-ondas” antes de ser enterrada ou cremada. A medida elimina os micro-organismos causadores de doenças.

Para Biondo, faltou orientação da prefeitura à população quando o serviço gratuito foi interrompido. “Com o serviço suspenso, a pessoas ficaram desamparadas nesse âmbito. Seria importante ter sido feita uma cartilha sobre como manusear e proceder sem o amparo do serviço da prefeitura, por exemplo”, salienta. Usar luvas e colocar o corpo do animal em sacos de lixo são alguns dos procedimentos imprescindíveis nesses casos, ensina.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

9 Comentários em "Com serviço gratuito suspenso, recolhimento de animais domésticos mortos custa até R$ 800 em Curitiba"


Radio Antigo
Radio Antigo
2 anos 27 dias atrás

A mocinha gorda que ocupa a prefeitura tá na hora de trabalhar, deixar de fazer pose, querer falar bonito.

TRABALHE CONOSCO
TRABALHE CONOSCO
2 anos 27 dias atrás

OPORTUNIDADE DE TRABALHO — Interessados numa oportunidade de trabalho com possibilidade de ganhos consideravelmente bons (acima de R$ 4.300,00), SAIBA MAIS CLICANDO AQUI
http://bit.ly/2lmtFnj

Ribas Tiago
Ribas Tiago
2 anos 27 dias atrás

Afinal o serviço foi suspenso para pagar o salários dos ilustres comissionadors entre eles o filho do Beto Richa e o Chico do Uberaba, que decepção esta sendo essa gestão o Greca, esta seguindo o caminho dos piores Prefeitos Fruet e do Ducci..que fase Curitiba chegou heim!!

Exterminador Leo
Exterminador Leo
2 anos 27 dias atrás

E tem mais. Na casa da minha mãe e na da minha sogra tem uma duzia de bichanos e au aus enterrados em todos os cantos do quintal. Bem fundo e ninguém sequer imagina. Se a maldita Surehma achar ruim manda pagar o enterro, bando de inúteis. Essa prefeitura tá falida em todos os sentidos.

Exterminador Leo
Exterminador Leo
2 anos 27 dias atrás

Não façam materias tendenciosas. As empresas de cremação tem a opção de cremação coletiva, onde voce paga cerca de R$ 150 mais R$ 50 de coleta ou pode levar lá em Colombo, por exemplo. O valor mais alto é para quem quer guardar as cinzas, com todo o ritual. Matéria paga por alguém interessado?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas