Alimentos doados por feirantes de Curitiba irão ajudar pessoas que vivem em situação de rua em Curitiba. Ao todo, 1,4 tonelada foi doada ao programa Mesa Solidária, que reúne frutas, verduras e legumes que são encaminhados para órgãos que preparam e servem alimentos aos que não tem o que comer. A participação deles no programa começou no último dia 12, em cinco das 89 feiras que acontecem em Curitiba. Algumas feiras de Curitiba também estão doando alimentos que perderam o valor comercial.

“Todos nós precisamos fazer a nossa parte para que as pessoas sofram menos pela falta de alimentos, principalmente, este momento de pandemia do novo coronavírus”, disse o feirante Juliano Trevisan, que tem bancas no Rebouças e Alto da Glória. “Precisamos entender que alimento não é lixo. Não podemos jogar comida fora enquanto tanta gente passa fome”, disse o secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi.

Dá pra buscar!

Feitantes da Feira do Rebouças estão doando hortifrútis que perderam o valor comercial, ou seja, que têm pequenos machucados, mas que ainda estão perfeitos para o consumo. A doação destes alimentos acontece às sextas-feiras, na feira do Água Verde; aos sábados, nas feiras do Alto da Glória e 19 de Dezembro (orgânica), no Centro; e aos domingos, na Feira da Praça 29 de Março, no Mercês.

Estes alimentos que estão sendo doados também são utilizados para lanches no programa Mesa Solidária, além de serem distribuídos para comunidades carentes atendidas pelas instituições parceiras.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?