Já são quatro os moradores de rua mortos em São Paulo, entre os dez que foram agredidos a pauladas na madrugada desta quinta-feira, dia 19, no centro da capital. Das dez pessoas agredidas, seis foram levadas ao hospital do Servidor Público Municipal, dois para a Santa Casa de Misericórdia. Dois outros foram encontrados já mortos.

Das seis pessoas levadas ao HSPM, duas morreram e duas permanecem internadas na unidade de terapia intensiva, em estado grave, depois de terem sido submetidas a neurocirurgias. Duas outras foram levadas para o Hospital Municipal de Hermelino Matarazzo, na zona leste da cidade.

O ataque aos moradores de rua foi descoberto aos poucos, ao longo desta quinta-feira (19), conforme ficou claro às autoridades que os casos não eram isolados. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, da Secretaria de Segurança Pública do Estado, informou nesta manhã que não fornecerá informações mais detalhadas para não prejudicar as investigações.