A Câmara dos Deputados deve votar hoje as representações do Conselho de Ética que recomendam a cassação dos deputados Roberto Brant (PFL-MG) e Professor Luizinho (PT-SP) por quebra de decoro parlamentar. A sessão está prevista para as 16 horas.

A votação é secreta e por meio de cédulas. Caso cada representação seja aprovada por 257 dos 513 deputados, os parlamentares perderão os direitos políticos por oito anos. O relator do processo contra Roberto Brant é o deputado Nelson Trad (PMDB-MS). Já o autor do parecer sobre o processo contra Professor Luizinho é o deputado Pedro Canedo (PP-GO).

Tanto o parlamentar mineiro (Brant) quanto o paulista (Luizinho) foram citados no relatório preliminar conjunto das comissões mistas de inquérito dos Correios e da Compra de Votos (já encerrada) como beneficiário de recursos repassados pelo empresário Marcos Valério Fernandes de Souza. O publicitário mineiro é apontado como um dos operadores do suposto esquema de compra de votos de parlamentares da base aliada.