Rio de JaneiroPelo menos três presos morreram na noite desta segunda-feira na carceragem da Polinter de Ricardo de Albuquerque, na zona norte do Rio. De acordo com o delegado Luiz Antônio Buzinaro, diretor da Polinter, as mortes foram resultado de uma briga entre facções rivais de criminosos.

Agentes de diversas delegacias e homens da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), grupo de elite da Polícia Civil, seguiram para o local para contar os presos e revistar a carceragem.