Uberaba – O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) multou a Ferrovia Centro-Atlântica em R$ 10 milhões pelo acidente ecológico causado pelo descarrilamento de 18 vagões que transportavam produtos químicos e que interrompeu o abastecimento de água em Uberaba (MG), prejudicando cerca de 260 mil habitantes. Dos 18 vagões que tombaram – a composição era formada por três locomotivas e 33 vagões -, oito transportavam 381 toneladas de metanol; cinco, 245 toneladas de octanol; dois, 94 toneladas de isobutanol; e três, 147 toneladas de cloreto de potássio. Parte da carga atingiu um afluente do rio Uberaba. Segundo o Ibama, esta é a maior multa já aplicada no Estado. A empresa também recebeu uma outra notificação, no valor de R$ 5 mil, já que o fogo causado por uma explosão queimou vegetação em área de preservação permanente. Este foi o oitavo acidente da Ferrovia Centro-Atlântica somente neste ano, e o vigésimo desde 2000.