enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Reformas chegam ao Congresso em abril

  • Por Agência Estado

Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva antecipou para o mês que vem o prazo para envio das propostas das reformas tributária e da Previdência ao Congresso Nacional e pediu aos empresários que exerçam um “lobby sadio” sobre os parlamentares aprovação das medidas. “A coisa andou tão bem até agora que nós vamos dar entrada nas duas propostas agora no mês de abril”, disse o presidente, em discurso durante a posse de Guilherme Afif Domingos na presidência da Associação Comercial de São Paulo.

“Acho que todas as associações comerciais do Brasil têm papel muito importante de ir ao Congresso e fazer o lobby sadio, que precisa ser feito pelas entidades de classe, e cobrar dos parlamentares a votação naquilo que é de interesse do Brasil”, completou o presidente, dirigindo-se a uma platéia de empresários.

Consenso

O envio das reformas num prazo menor do que ele havia imaginado tornou-se possível, disse o presidente, por causa do consenso obtido com os governadores. “E agora eu pretendo fazer um gesto de eu e eles (os 27 governadores) atravessarmos a pé aquela rampa e entregarmos pessoalmente as reformas no Congresso”, disse o presidente, dirigindo-se ao governador Geraldo Alckmin.

Aos empresários, Lula disse que “não acredita” quando eles dizem que não gostam de política. “Direta ou indiretamente, muitos de vocês têm a ver com cada governante e deputado eleito neste País”, disse -e em seguida cobrou o envolvimento deles, não só na aprovação das reformas, mas nas demais ações de governo, principalmente na área social.

Lula aproveitou para fazer uma defesa enfática da reforma da Previdência e disse que vai “enfrentar” sua própria base de apoio, principalmente os servidores públicos, que vêm protestando contra a reforma.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas