A Polícia Federal auxilia a Polícia Civil a investigar o roubo de mais de R$ 1 milhão da agência do Banco do Brasil em Quixadá, no Ceará, neste fim de semana. Segundo a PF, os funcionários só perceberam que o cofre estava vazio na manhã de segunda-feira (16), quando chegaram para trabalhar.

A polícia quer saber se os ladrões têm ligação com a mesma quadrilha que roubou o Banco Central de Fortaleza, em 2005. Uma equipe da perícia da PF já esteve no local. Segundo a polícia, os ladrões teriam cavado um túnel que começa em um lavarrápido abandonado e termina dentro do banco.