A circulação das três linhas de ônibus da zona norte, que ficou parada por sete horas, voltou a acontecer por volta das 14h45 desta terça-feira, segundo informações da SPTrans. O atentimento aos passageiros das linhas Jardim Filhos da Terra-Metrô Tucurivi, Cemitério Parque dos Pinheiros-Mandaqui e Vila Zilda-Metrô Santana foi feito durante toda a manhã por composições do Plano de Apoio Entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese).

Os trabalhadores do transporte público da zona norte cruzaram os braços em protesto contra a morte de um motorista, que aconteceu durante um assalto na noite de segunda-feira. O motorista Marcelo Barbosa da Silva, de 31 anos, e o cobrador Adaílson Alves da Silva, 43, foram baleados, por volta das 21h30, na região do Tremembé, zona norte da capital paulista. Cerca de 22 coletivos do Paese circularam para atender à demanda de passageiros na região.