A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a morte de uma aposentada de 75 anos que morreu após ter recebido glicerina em vez de soro no Hospital Geral de Missão Velha, no Ceará, na manhã da última quarta-feira. Depois de passar mal, a paciente, que sofria de insuficiência respiratória aguda, foi levada para o Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha, cidade vizinha. A equipe médica que atendeu a idosa em Barbalha percebeu o erro e trocou a medicação, mas a mulher morreu horas depois.

Funcionários do hospital de Missão Velha serão ouvidos. A polícia quer descobrir se alguém confundiu a bolsa de soro com a de glicerina. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontará a causa da morte. O resultado deve sair em cerca de 20 dias.