O Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, está fechado para pousos nesta manhã, devido à falta de visibilidade causada pela neblina que encobre a região. O terminal, localizado no centro da cidade, está fechado desde o início das operações, às 6 horas. Parte dos pousos é desviada para o Aeroporto Tom Jobim, na Ilha do Governador.

As decolagens estão sendo realizadas somente com o auxílio de instrumentos. Até as 8 horas, das 27 partidas previstas no Santos Dumont, duas atrasaram e seis foram canceladas.

Já o Aeroporto Tom Jobim está aberto para pousos e decolagens, mas opera com o auxílio de instrumentos.

No Paraná, o Aeroporto internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, suspendeu as atividades de pousos por causa do nevoeiro das 4h50 às 7 horas. Dos 18 voos, cinco sofreram atrasos, e um foi cancelado.

Em São Paulo, os aeroportos de Congonhas, na zona sul, e de Guarulhos, na região metropolitana, funciona normalmente.

De acordo com o boletim da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), das 565 partidas programadas no País até as 8 horas, 54 (9,6%) atrasaram e 22 (3,9%) foram cancelados.