O aparentemente inofensivo ato de ouvir música acabou motivando uma tragédia que vitimou uma criança de 11 anos. A menina morreu após ser eletrocutada enquanto ouvia música com um fone de ouvido numa fazenda há 30 quilômetros de Campo Alegre de Goiás. Ela se molhou com a tarefa de lavar a casa e ouvia música num fone ligado num aparelho de som conectado na tomada.

Não existem informações precisas sobre este terrível acidente, mas o que deve ter acontecido é que a menina pisou no chão molhado sem a proteção de material isolante, como um sapato de borracha, e acabou tomando a descarga elétrica que foi fatal.

De acordo com a técnica de enfermagem Silma Costa, as condições do fone de ouvido contribuíram para o acidente, já que ele era feito de metal e estava em péssimas condições. Segundo a profissional, o rosto da garota ficou queimado, com a marca do aparelho.

No momento do acidente, a criança estava acompanhada apenas de dois irmãos mais novos, enquanto os pais trabalhavam. A situação dificultou o socorro imediato da menina, que foi levada ao hospital depois de uma hora do acidente, já morta.