Pode vir do governo federal o socorro para expandir o Metrô de São Paulo. Foi o que propôs o prefeito da capital, Gilberto Kassab, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Eu dei, junto com o governador José Serra, a idéia ao Lula de que o governo federal invista no Metrô", contou Kassab. "E o presidente gostou da idéia.

Segundo Kassab, a ajuda viria na forma de um convênio entre a Prefeitura, governo do Estado e a Presidência. O prefeito deu como exemplo um auxílio de R$ 150 milhões mensais por parte de Lula, com contrapartida de mais R$ 50 milhões da cidade e a manutenção dos atuais R$ 100 milhões estaduais. No total, haveria R$ 300 milhões por mês disponíveis para o Metrô. "Isso beneficiaria toda a Região Metropolitana de São Paulo, ou seja, mais de 20 milhões de pessoas", afirmou Kassab. "Teríamos a certeza de quase triplicar a nossa malha metroviária.