enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Brasileiros

Vagas de cubanos no Mais Médicos são preenchidas antes do prazo

As mais de oito mil vagas abertas após os médicos cubanos deixarem o país já foram preenchidas por brasileiros um dia antes de esgotar o prazo

  • Por Estadão Conteúdo
Médicos brasileiros ocuparam todos os postos abertos pela saída dos cubanos do país. Imagem ilustrativa. Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná
Médicos brasileiros ocuparam todos os postos abertos pela saída dos cubanos do país. Imagem ilustrativa. Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (13), que todas as vagas do edital do Mais Médicos, abertas após a saída dos médicos cubanos do programa, foram preenchidas por profissionais brasileiros. Ao todo, foram 8.517 vagas. Segundo a pasta, chamadas para médicos estrangeiros não devem ser realizadas.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Brasileiros formados no exterior ocuparam as últimas 1.397 vagas para atuar em 667 localidades que estavam disponíveis. Eles teriam até as 18h desta quinta-feira (14), para optar pelas cidades onde atuariam. Mas, segundo o ministério, os profissionais preencheram as vagas antes das 9h desta quarta. Havia 3.828 candidatos aptos a escolher localidades para trabalhar.

Pelo cronograma da pasta, a divulgação da lista com os profissionais e as cidades onde eles vão atuar será divulgada no dia 19 deste mês. “Todos os profissionais alocados nesta etapa, que não tiverem o Registro do Ministério da Saúde (RMS), realizarão um módulo de acolhimento, onde terão aulas e passarão por avaliação da coordenação nacional do programa”, informou o ministério.

Saída de cubanos

Em novembro do ano passado, Cuba tomou a decisão de solicitar o retorno dos mais de 8 mil médicos cubanos que trabalhavam no Brasil depois que o presidente Jair Bolsonaro questionou a preparação dos especialistas e condicionou a permanência no programa “à revalidação do diploma”, além de ter imposto “como via única a contratação individual”.

“Não é aceitável que se questione a dignidade, o profissionalismo e o altruísmo dos colaboradores cubanos que, com o apoio de suas famílias, presta serviços atualmente em 67 países”, declarou, na época, o governo de Cuba.

No mesmo mês, o Ministério da Saúde anunciou a abertura de um edital para ocupar as vagas deixadas pelos profissionais cubanos. As inscrições para o programa foram prorrogadas pelo ministério até o preenchimento das vagas.

Afonso Pena e mais três aeroportos do Paraná serão concedidos à iniciativa privada

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

2 Comentários em "Vagas de cubanos no Mais Médicos são preenchidas antes do prazo"


MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
9 dias 19 horas atrás

substituído um financiamento de ditadura e trabalho escravo por geração de emprego com mão de obra nacional qualificada e com formação devidamente comprovada…

MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
9 dias 19 horas atrás

e mais uma narrativa esquerdopata cai por terra

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas