Por causa do mau tempo, o Aeroporto Santos Dumont está fechado para operações de pouso e decolagem de aviões com mais de 40 toneladas (ou seja, todos da ponte aérea Rio-São Paulo). O aeroporto fechou a primeira vez às 10h40 desta sexta-feira (14), reabriu uma hora depois, ficou em funcionamento durante 20 minutos e voltou a fechar.

O fechamento do Santos Dumont está contribuindo para que o tráfego de aeronaves no Aeroporto Internacional Tom Jobim, que está funcionando com apenas uma pista, fique ainda mais intenso. A outra pista do Tom Jobim está em obra.

O vôo 1387, da Gol, que sairia de São Paulo, às 13 horas, por exemplo, continua no pátio do aeroporto de Congonhas, aguardando autorização para decolar rumo ao Tom Jobim.

De acordo com a Infraero, até as 14 horas, o Tom Jobim registrava atraso em 53% dos 93 vôos previstos.