Os governos brasileiro e angolano firmam, amanhã (3), três acordos de cooperação nas áreas de geologia e mineração, administração pública, sanitária. A cerimônia de assinatura será durante encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o presidente angolano, José Eduardo dos Santos, que está no país em visita oficial de dois dias.

O Ministério das Relações Exteriores informou que os acordos foram acertados na 6ª Sessão da Comissão Mista Brasil-Angola realizada entre os dias 25 e 27 de abril, em Brasília. Outros três acordos estão em negociação. São eles: cooperação mútua em matéria penal, tratado de extradição e a transferência de pessoas condenadas.

Os dois presidentes também devem conversar sobre negócios. No último dia 28, empresários brasileiros se reuniram, no Rio de Janeiro, para discutir oportunidades de investimentos no mercado angolano.

Angola é um importante parceiro comercial do Brasil no continente africano. Em 2004, o comércio bilateral movimentou mais de US$ 300 milhões ? o Brasil ficou com a maior participação, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Os principais produtos exportados pelo país são açúcar, barras de ferro, receptores de telefonia celular, milho, carnes e tratores e os mais importados de Angola são farinha e pescado.

A comitiva angolana é composta pelos ministros das Relações Exteriores, João Bernardo de Miranda; das Finanças, José Pedro de Morais Junior e da Justiça, Manuel Miguel da Costa Aragão. O presidente de Angola terá encontros também com os presidentes da Câmara, deputado Severino Cavalcanti; do Senado, Renan Calheiros e do Supremo Tribunal Federal (STF), Nelson Jobim. Hoje, José Eduardo dos Santos participa de eventos na Bahia.