Mesmo que a Copa do Mundo de 2014 ainda não esteja confirmada para o Brasil, o Atlético já começa a preparar a Arena para ser exemplo e, quem sabe, sediar jogos da competição da FIFA. O primeiro passo será a colocação de cadeiras em todos os setores de arquibancada a partir da próxima semana. O clube já adquiriu 20 mil unidades, que somadas as já exigentes, deverá adequar o estádio ao Estatuto do Torcedor, com capacidade para 23 mil espectadores.

?Nós queremos que o nosso estádio seja usado em competições internacionais?, sonha o presidente João Augusto Fleury da Rocha. De acordo com ele, a intenção do clube é tornar a Arena exemplo no Brasil para a competição que está cada vez mais próxima de vir para o país em 2014. Segundo ele, o Joaquim Américo leva vantagem por seguir conceitos modernos e, principalmente, as recomendações da entidade que controla o futebol no mundo.

Como a Arena é um estádio moderno, precisa de pouca coisa para se candidatar a ser sede de Copa do Mundo. Uma das exigências da FIFA e, agora, do Estatuto do Torcedor é a demarcação dos lugares. A entidade internacional ainda exige que as cadeiras sejam padronizadas e são estes assentos que começarão a ser instalados na próximas semana.