O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembléia Legislativa do Paraná arquivou hoje (14) o processo que analisaria possível pedido de dinheiro pelo deputado estadual Edson Praczyk (PL) ao secretário de Estado da Comunicação, Airton Pissetti, para apoiar projetos do governo. Os integrantes do conselho decidiram que não há provas de que isso tenha acontecido, ficando apenas nas acusações orais de ambos.

A denúncia tinha sido feita pelo governador Roberto Requião (PMDB), em entrevista a uma rádio de Ponta Grossa. Segundo ele, o pedido era de R$ 40 mil por mês. Praczyk retrucou dizendo que, na verdade, esses valores tinham sido oferecidos pelo secretário para ter a ele e outros dois deputados do PL como aliados.