enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Um conquistador em apuros

  • Por Jornalista Externo
Gabriel Azevedo, o
Fabrício de ?Chocolate…?

Para Gabriel Azevedo, mulher bonita é o que não falta em Chocolate com Pimenta. Com a testosterona à flor da pele, o rapaz começa a enumerar as beldades da novela das seis: Mariana Ximenes, Priscila Fantin, Nívea Stelmann, Samara Felippo… Só para citar algumas. “O elenco é maravilhoso. Só tem gata!”, saliva. Para a infelicidade do rapaz, porém, ele foi escalado para fazer par romântico com Kayky Brito. Na trama de Walcyr Carrasco, ele interpreta Fabrício, o coroinha da matriz de Ventura que cai de amores logo por Bernardete, menino criado como menina pela mãe adotiva, Jezebel, personagem de Elizabeth Savalla. “Adorei o convite porque o personagem é bom à beça. Mesmo assim, se eu pudesse escolher, preferiria fazer par com a Mariana Ximenes”, confessa.

O inusitado namorico entre Bernardete e Fabrício começa pelas mãos de Cássia, interpretada por Luiza Curvo. É ela quem apresenta o tímido coroinha a Bernardete sob o pretexto de que a “amiga” anda precisando mesmo de um namorado. Mas a paixão, ressalva Gabriel, não vai ser à primeira vista. Arredia, Bernardete não reage lá muito bem às investidas de Fabrício e começa a sapecar uns cascudos no rapaz. “Meu personagem não desconfia de nada porque a Bernardete não vai dar muita chance. Ela vai sempre pular fora”, avisa Gabriel. Mas o rapaz não vai desistir facilmente. Como o próprio Gabriel, diga-se de passagem. Os testes para a novela começaram há cerca de um mês e Gabriel confessa que não tinha muita expectativa de ser chamado. Afinal, quando chegou ao Projac, encontrou outros 30 candidatos ao papel. “Fiquei meio desanimado, mas não perdi as esperanças”, jura.

Pegando no pé

A euforia de Gabriel Azevedo ao passar nos testes foi tanta que ele sequer parou para pensar no que estava por vir. Já no dia seguinte ao bendito telefonema, começou a receber também as primeiras gozações dos colegas da 8.ª série do Colégio Santos Anjos, na Tijuca, Zona Norte do Rio. “O pessoal já começou a pegar no meu pé antes mesmo de eu aparecer no vídeo. Mas eu levo na brincadeira. Não dá muito para esquentar a cabeça, né?”, indaga ele, já conformado. De fato, não. Mas o pior, assusta-se o rapaz, ainda está por vir. Afinal, o que dizer de um suposto beijo entre Fabrício e Bernardete na novela das seis? “Honestamente, ainda nem pensei nisso. Se eu puder usar um dublê na hora, vou agradecer”, esquiva-se, aflito.

Brincadeiras à parte, Gabriel Azevedo vê no papel de Fabrício a sua grande chance na tevê. Ele debutou na Globo em 1999, quando interpretou o Plínio da novelinha Bambuluá, protagonizada por Angélica. De lá para cá, virou especialista em participações. Só em Malhação, foram três. Paralelamente à carreira de ator, Gabriel começou também a gravar comerciais de rádio e fazer dublagens para o cinema. Ano passado, Gabriel voltou a atuar na tevê em O Beijo do Vampiro, como Túlio, o arquiinimigo de Zeca, o vampirinho interpretado pelo mesmo Kayky Brito. De inimigos, diverte-se Gabriel, os dois viraram… amantes. “É, são as voltas que o mundo dá”, conclui, desolado.

Atualmente sem namorada, Gabriel divide seu tempo entre o estudo e o trabalho. Quando não está gravando no Projac, ele não abre mão de pegar onda ou andar de skate. Gabriel gosta também de lutar tae-kwon-do. Mas, coincidência ou não, o rapaz não dá mais as caras na academia desde que notinhas no jornal começaram a alardear sua controversa participação em Chocolate com Pimenta. “Eles não perderam tempo e já ligaram para mexer comigo. Quando eu aparecer na novela, vai ser a maior zoeira!”, prevê, desconfiado.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas