O Programa Paranização, do Centro Cultural Teatro Guaíra, movimenta neste verão o litoral do Paraná, com o projeto Ilha do Mel, Palco Natural. Através do teatro, o projeto busca conscientizar os visitantes da ilha da necessidade de preservação do meio ambiente.

Ilha do Mel, Palco Natural é desenvolvido em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Paraná, com o apoio do Terminal de Contêineres de Paranaguá e o Grupo de Teatro Arteiros da Ilha, formado por moradores locais e dirigido por Cristina Anzoategui. O projeto é coordenado pelo diretor teatral Mauro Zanatta, da Casa da Comédia, de Curitiba.

O lançamento do projeto será no dia 28 de dezembro no Portal de Embarque, em Pontal do Sul. Até o dia 30 de dezembro e de 2 a 4 de fevereiro, das 10 às 17 horas, os visitantes serão recepcionados por atores que apresentarão quadros cômicos, reforçando questões como a separação do lixo, bitucas na praia, sexo seguro e cuidados com a natureza.

Durante a temporada, os atores se apresentarão em pousadas e restaurantes vestindo figurinos feitos com material reciclado recolhido na própria ilha e confeccionados pela diretora do grupo.

Um dos pontos da criatividade do projeto são os "porta- bitucas", tubinhos de filmes com cordão para serem usados no pescoço. Em um dos quadros, eles representam o Senhor Descuidado, Dona Bituca e Seo Peixe. Eles falam das implicações para o meio ambiente das bitucas de cigarro que são levadas para os rios e o mar e que acabam sendo comidas pelos peixes, provocando intoxicações.

O lixo separado pelos visitantes poderá ser depositado em latões colocados nos trapiches.