enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Programa Amor & Sexo chega ao fim

Há quatro anos, Fernanda Lima passa noites falando sobre sexo na televisão. Apesar da beleza e do corpo que povoam pensamentos de homens e também provocam comentários femininos, parece só ter mexido com a libido do público ao despir seus convidados, que, no primeiro episódio da sétima temporada de Amor & Sexo, em outubro deste ano, tiraram a roupa para valer em cena rara em uma atração de não ficção da Globo.

Após uma repercussão que movimentou as redes sociais nos dois meses em que o programa esteve no ar, a gaúcha encerra nesta quinta-feira, 19, à meia-noite, o que pode ser a última etapa do programa na emissora. Eleito como melhor atração de variedades pela Associação Paulista de Críticos de Arte em 2013, o Amor & Sexo causou tanto burburinho na Globo desta vez que fez a alta cúpula repensar seu fim. “Se voltar, vai ser em um formato diferente”, deixou no ar o diretor de núcleo Ricardo Waddington no mês passado.

Para a loira, pouco mudou em seu trabalho. Ela acredita que o jeito extrovertido de apresentar, que se pode notar pelo modo com que canta, dança e faz graça ao circular por modelos seminus no cenário, era uma constante em sua atuação diante das câmeras. “O Amor & Sexo já existe desde 2009, e esse tempo foi necessário para a maturação do programa, para evoluirmos com as ideias, transformando-o aos poucos. Acho que eu sempre estive solta, mas o programa não tinha tanta visibilidade. Claro que, ao passo que o programa ficou mais dinâmico, eu cresci também”, avalia.

Além da performance do elenco fixo, que inclui atores de novelas, como Alexandre Nero e Otaviano Costa, a apresentadora atribui o êxito do programa aos anônimos, que também tiram a roupa ou contam detalhes da vida sexual encarando a plateia e os outros milhões de brasileiros que assistem a tudo em casa.

“Eu me surpreendo muito com as declarações dos nossos convidados, que não são conhecidos e fazem questão de ir ao programa falar de suas dúvidas, crises e dificuldades. Eles parecem querer dividir seus problemas para, assim, ajudarem aqueles que possam estar vivendo a mesma situação.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas