Renato Cavalher, Paulino
Viapiana eCésar Paes Leme.

A Prefeitura de Curitiba firmou, nesta quarta-feira (27) termo de cooperação técnica com o Clube de Criação do Paraná (CCPR) para a primeira etapa da revitalização do Centro de Criatividade de Curitiba, no Parque São Lourenço. A Fundação Cultural de Curitiba e o Clube de Criação farão um trabalho conjunto, com a implantação de uma biblioteca temática, programa de cursos para a comunidade e a realização de atividades permanentes para revelar novos talentos.

?O Centro de Criatividade é um dos ícones da cultura curitibana. Nos últimos anos perdeu programação e teve graves problemas nas instalações físicas. Sua revitalização é prioridade para a gestão do prefeito Beto Richa e permite que se amplie o acesso e a freqüência de público. Essa parceria será a primeira de várias para aquele espaço cultural?, disse o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Paulino Viapiana.

Além da cooperação com o Clube de Criação, Viapiana anunciou a realização, ainda neste ano, de reformas no Teatro Cleon Jacques, com a instalação de novos banheiros –  uma antiga reivindicação da classe artística e da comunidade que freqüenta o São Lourenço. O presidente do Clube de Criação do Paraná, Renato Cavalher, explicou que as atividades que serão desenvolvidas no centro ampliarão o acesso e a inclusão da comunidade em torno da criatividade em comunicação. O interesse é desenvolver novos talentos em propaganda, design, internet e criatividade promocional, segmentos em franca expansão em Curitiba. ?Ações a partir do Centro de Criatividade vão permitir um diálogo cada vez mais próximo entre as linguagens artísticas e a criatividade em comunicação?, disse.

?A reformulação da programação e a revitalização do Centro de Criatividade são pedidos antigos da Associação de Moradores e Amigos do São Lourenço. Apoiamos a iniciativa para oxigenar a programação e a abertura das portas para um fluxo maior de moradores da cidade?, afirmou César Paes Leme, presidente da Associação.

Revitalização

O presidente da Fundação Cultural de Curitiba adiantou ainda que em outubro começa o programa Música nos Parques, viabilizado pelo Fundo Municipal da Cultura. ?Teremos nos próximos meses uma programação de teatro infantil e adulto, de música aos domingos e vamos incentivar programas de educação patrimonial, dança, cinema e artes visuais?, disse Viapiana. Também em outubro, a Fundação Cultural abre edital público de apoio a artistas locais com bolsas para produção em artes visuais. A ênfase é em gravura, fotografia e escultura. Os selecionados farão residência no atelier de escultura do Centro de Criatividade.

A Fundação Cultural de Curitiba também está fortalecendo a programação de cursos e oficinas tradicionais do Centro de Criatividade. Existe um projeto para a instalação de dois novos fornos, tornos e liquidificador industrial para os ateliês de cerâmica e produção artesanal. Em 2007, em parceira com as Secretarias do Meio Ambiente e de Obras Públicas, a FCC cuidará da instalação de um novo sistema elétrico no Centro de Criatividade.