enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Perissé quer um ano novo bem risonho

  • Por Jornalista Externo
Heloísa Perissé: ?A gente
quer fazer o povo rir?.

Se depender da vontade de Heloísa Perissé, 2004 será o ano em que ela finalmente vai emplacar um programa próprio na Globo. Pelo menos é com essa intenção que a humorista de 37 anos acaba de gravar Sob Nova Direção, especial de fim de ano que vai ao ar no domingo do dia 28, às 23h20. No programa, Heloísa vai dividir a cena com Ingrid Guimarães, sua parceira de palco no bem sucedido espetáculo Cócegas, há três anos em cartaz. “Se der certo, estamos no páreo!”, entusiasma-se Heloísa, que despontou na telinha como a adolescente Tati, personagem da qual promete não se desligar tão cedo.

Os “grilos” de Tati, contudo, não terão vez em Sob Nova Direção. Heloísa e Ingrid vivem duas mulheres que se encontram no pior momento de suas vidas, mas que estão dispostas a fazer de tudo para dar a volta por cima. Belinha, personagem de Heloísa, acaba de separar do marido mau caráter e descobre que a única coisa que lhe restou foi um bar desativado. Para tocar o negócio, ela conta com os talentos múltiplos de Pity, a taxista “mil e uma utilidades” vivida por Ingrid. “A gente quer fazer o povo rir. Afinal, não tem coisa melhor”, garante Heloísa, que também assina o roteiro.

Nome: Heloísa Perlingeiro Perissé.

Nascimento: Em 19 de agosto de 1966, em São Paulo.

Primeiro trabalho na tevê: No humorístico Chico Total, em 1996. “Eu fazia participações especiais, com vários personagens diferentes”.

Momento marcante: “O nascimento da minha filha, Luísa, em 1999”.

A que gosta de assistir: Filmes e “sitcoms”, como Sex and The City.

A que nunca assistiria: “A programas idiotas, que humilham as pessoas”.

O que falta na tevê: Qualidade.

O que gostaria que fosse reprisado: Roque Santeiro, de Dias Gomes.

Com quem gostaria de trabalhar:  “Com a autora Maria Adelaide Amaral”.

Ator: Lúcio Mauro Filho.

Atriz: Louise Cardoso.

Personalidade: Chico Anysio. “É um comediante que acredita no novo e dá chance a todo mundo”.

Programa de humor: Zorra Total.

Personagem dos sonhos: Viúva Porcina, de Roque Santeiro.

Livro de cabeceira: A Bíblia.

Música: Paz, de Gilberto Gil e João Donato.

Filme: As Confissões de Schmidt, de Alexander Payne.

Qualidade: “Sou agregadora”.

Defeito: “Sou controladora”.

Mania: Roer as unhas.

Se não fosse atriz, seria: Triatleta.

Projeto pessoal: Fazer cinema.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas