Menos de uma semana após a demissão de Monalisa Perrone da Globo, o telejornal Hora Um ganha um novo titular neste segunda-feira (9). Roberto Kovalick, que fez carreira na emissora principalmente como correspondente internacional, assume a bancada com o desafio de comandar o mais novo telejornal da casa, que estreou em 2014.

+Leia também: Mauricio de Sousa se manifesta contra censura de HQ na Bienal do Livro do Rio

Para ele, foi uma honra receber a notícia de que seria o substituto de Monalisa. “Três palavras representam bem este momento: oportunidade, responsabilidade e desafio. E todas em seu sentido mais positivo. Vou trabalhar com garra, vontade e alegria para fazer com que as pessoas acordem com esse bem tão importante que é a informação de qualidade. Estou muito feliz por ter sido escalado para este desafio”, disse.

A expectativa para o novo desafio é “a melhor possível”. “Espero fazer um jornal para cima, vibrante e que ofereça ao público informações importantes logo cedo, para que possam levar o dia da melhor forma”.

+Leia também: Paula Fernandes desabafa: “Depressão acontece, não é frescura e tem tratamento”

Jornalista garante que sua experiência profissional cai ajudar no novo desafio. Foto: Divulgação/TV Globo
Jornalista garante que sua experiência profissional cai ajudar no novo desafio. Foto: Divulgação/TV Globo

Experiência profissional vai ajudar

O jornalista garante que sua experiência profissional será de grande serventia para a apresentação do programa. “Tenho muito carinho pela reportagem e em qualquer função do jornalismo é importante manter essa alma inquisitiva e curiosa de repórter. Pretendo levar essas características para a bancada.  Essa experiência na reportagem ajuda também no diálogo com os repórteres, correspondentes e com o público”.

Inclusive, os anos como correspondente internacional tem ajudado Kovalick a se adaptar à nova rotina. “Já morei no Japão, por exemplo, onde há uma diferença de fuso de 12 horas. Tenho experiência em mudar meus horários. Estou acostumado a não ter rotina e essa é uma das coisas que mais gosto na profissão. Mas tomo alguns cuidados, cuido da alimentação, pratico atividade física. Além disso, conto com o apoio fundamental da minha esposa, já que isso envolve uma mudança na rotina da casa”.

‘Emprestei meu talento e eles escondem’, diz Celso Freitas sobre JN