Um DVD que já vem com uma música em primeiro lugar entre as mais tocadas do país. É dessa forma que Luan Santana lança, nesta sexta-feira (23), seu sexto material audiovisual, VIVA, gravado em Salvador, na Bahia, e que trouxe não só uma canção de sucesso como também surpreendeu o país todo com a estrutura internacional que o cantor montou para, segundo ele mesmo, “dar ao público o melhor show que o Brasil já viu”. O lançamento também representa inovação, já que é o primeiro material a sair na íntegra pelo Globoplay. A grandiosidade nada mais é do que o reflexo de um rapaz que, aos 28 anos, sequer se preocupa com prêmios, pois ele se tornou o próprio prêmio.

O novo projeto foi gravado no Parque de Exposições, na capital baiana, em maio deste ano, para um público de 30 mil pessoas. Com uma estrutura amplamente tecnológica, mas ao mesmo tempo proporcionando ao público uma experiência diferente do que já tinha sido visto, Luan registrou músicas já conhecidas, mas também 12 inéditas, entre elas Quando a Bad Bater, que assim que lançada já colocou o cantor em posições que nem ele mesmo tinha conquistado ainda e, antes do lançamento do DVD, se firmou em primeiro lugar no Spotify.

+Viu essa? Jota Quest celebra sucesso de projeto acústico com clipe, mas já tem projetos para ano que vem

Todo o sucesso antecipado, para o próprio Luan, é a confirmação de que todo o trabalho e o investimento não foi em vão. “Quando a Bad Bater é uma música minha, estou muito feliz pelo desempenho. Fiz do fundo do meu coração, numa ocasião normal, à tarde, em casa. Passei a mão no violão, senti que tinha inspiração, comecei a escrever e hoje a música é primeiro lugar em tudo quanto é canto. E saiu agora o DVD completo para a galera aproveitar”.

Foto: Cadu Fernandes/Divulgação.
Foto: Cadu Fernandes/Divulgação.

VIVA entra no ar na manhã desta sexta-feira, exclusivamente no Globoplay, que funciona a partir de assinaturas. Pelo lançamento, o Globoplay planeja ações em todo o país, dentro e fora da plataforma e, entre essas, está a distribuição de um voucher de desconto exclusivo para seguidores de Luan (disponível nas redes sociais do cantor). “Foi uma honra porque estamos inauguramos a categoria música dentro da plataforma. Além disso também é uma oportunidade que a gente tinha antigamente, que hoje em dia não tem mais, que é o jeito de assistir um show completo”, disse Luan à Tribuna do Paraná, em São Paulo, durante o lançamento.

Além de disponibilizar o DVD todo pelo Globoplay, Luan vai soltar três destas músicas no YouTube: Choque Térmico, Meu Investimento e Sofrendo Feito um Louco são canções que foram muito bem aceitas pelos fãs na gravação e se tornaram apostas do cantor. Para quem gosta de guardar, o produto físico de fato vai chegar às lojas nos próximos meses. A previsão de lançamento é no dia 7 de setembro, no Rio de Janeiro.

+Leia também: Filmes sobre brinquedos são destaques nos cinemas deste fim de semana

Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.

A ideia de Luan Santana com este novo projeto foi mostrar o quanto as relações humanas estão ficando de lado por conta da tecnologia. Através do contexto de “CyberPunk”, expressão criada nos anos 1970, que trata de um futuro obscuro em que a alta tecnologia ofusca os sentimentos mais essenciais do ser humano, o cantor montou uma estrutura que, ao mesmo tempo em que é muito tecnológica, permite a reflexão.

Conforme Luan, a ideia de lançar o material na íntegra numa plataforma de Streaming com a força do Globoplay aconteceu num momento muito oportuno. “Eu gosto de assistir um show completo, pra mim, isso é essencial. E quando se trata da minha história, minha carreira, eu gosto de amarrar um conceito. O DVD precisa ter uma identidade, uma cara própria, eu capricho muito nisso e o Globoplay foi uma bela oportunidade disso acontecer”. Veja a entrevista completa:

O prêmio é ele mesmo!

Aos 28 anos, Luan faz, com seu novo trabalho, o contrário de muitos artistas atualmente, que lançam produtos audiovisuais com orçamentos menores. VIVA foi projeto para ser grande e certamente vai ser usado como exemplo para outras produções nacionais. Isso sem contar o fato de o cantor, atualmente, ser o único em seu estilo musical, carregando consigo um fã-clube enorme que, cada vez mais, se sente valorizado pelo ídolo e que faz dele um artista ‘hors-concours’, daqueles grandes que nem precisam concorrer a nenhum tipo de concurso porque ganham antes mesmo da indicação.

+Se programe: Marília Mendonça volta a Curitiba na próxima quarta, para show em teatro pela primeira vez

Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.

“Eu não sabia nem o que significava essa palavra. Depois que comecei a pesquisar eu acho que concordo. Não vejo mais a necessidade desse lance de me provar através dos prêmios. É muito claro para todo mundo que estes meus 12 anos de carreira foram brilhantes, incríveis. Eu tenho uma legião de fãs pelo Brasil inteiro, é o maior  fã-clube do Brasil, sou o cara mais seguido nas redes sociais, não tem mais o que ficar provando”, comentou ele.

O comentário veio em relação a retirada de seu nome entre os indicados ao Prêmio Multishow, que, neste ano, criou uma academia para indicar os nomes dos artistas e não mais as indicações através de votos do público. Com isso, Luan, que já ganhou o prêmio de Cantor do Ano quatro vezes (nos anos 2013, 2016, 2017 e 2018), não entrou. “Claro que fico triste por não participar, mas pela festa, pois é muito legal. Mas entendi o lado deles, de mudarem o sistema. Porque se deixar para o público, os meus fãs levam tudo. Só mudando o sistema para dar chance de outro artista ganhar, porque meus fãs não dão lado, todo mundo acompanha, são muito ativos”.

Foto: Cadu Fernandes/Divulgação.
Foto: Cadu Fernandes/Divulgação.

VIVA em Curitiba

A partir do dia 7 de setembro, Luan vai percorrer o Brasil com seu novo show, já com a identidade do DVD VIVA. Em Curitiba, o eterno gurizinho se apresenta no dia 12 de outubro, na Live, já com novo show, dividindo a noite com Anitta. “É lindo estar em Curitiba sempre. Espero vocês para comemorarmos o lançamento deste projeto que o próprio nome já diz, ‘VIVA’, então vamos viver, celebrar a vida. Tamo junto”, convidou Luan. Os ingressos já estão à venda pelo Disk-Ingressos e custam a partir de R$ 80 (meia-entrada).

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Segunda edição do Prime Rock Brasil vai reunir grandes nomes do rock nacional em Curitiba