Uma grande mostra da qualidade dos vinhos portugueses poderá ser degustada pelos curitibanos, em grande estilo, no mês que vem. A loja Vino!, no Bigorrilho, em parceria com a importadora paulista Adega Alentejana, realiza uma grande degustação que reunirá 15 dos mais festejados produtores de Portugal. O evento acontece no hotel Holiday Inn, dia 3 de abril, aberta ao público em geral.
 
"O conceito é mostrar a nova tendência de qualidade e estilo das principais regiões portuguesas, através de degustações realizadas com o enólogo da vinícola ou até mesmo com o proprietário, para sentir essas mudanças que estão sendo realizadas em Portugal", conta o Avelino Zanetti Filho, enólogo e gerente comercial da Vino!.
 
Para acertar os detalhes do evento, Zanetti Filho viajou em março para um giro de 10 dias pelo país, no qual visitou as vinícolas. Entre as estrelas do mundo dos vinhos que virão a Curitiba estão: Paulo Laureano, eleito em 2004 o Enólogo do Ano em Portugal, João Melicias (eleito em 2005 com a mesma honraria) e Óscar Gato, da Cooperativa Borba, indicada duas vezes como a melhor associação produtora daquele país. Cada produtor será representado por seu enólogo ou, em alguns casos, pelos proprietários.
 
Portugal é hoje o 3º maior importador de vinhos para o Brasil, sendo que há 3 anos estava em 4º lugar o que mostra a iniciativa dos empresários do setor. A grande diversidade e investimentos feitos no Brasil pelos países da América do Sul fizeram com que Portugal superasse outro país europeu, a Itália. Este fenômeno fez com que o público brasileiro conhecesse pequenas novas vinícolas que se opunham à produção em massa e primavam por produções limitadas, de grande qualidade.
 
Segundo Avelino, o mercado produtor português está de olho nas taças curitibanas. "A recepção foi das melhores possíveis, tanto pela importância de nosso mercado, que cada vez mais está a procura de vinhos diferenciados, quanto pela seriedade e postura que a importadora Adega Alentejana vem atuando no Brasil".
 
O evento
 
As principais regiões produtoras estarão representadas.
 
Região de Alentejo: região mais moderna e jovem na elaboração de vinhos finos de alta qualidade em Portugal. Sua gama de estilos lembra um pouco o vinho do Novo Mundo com alta tecnologia em vinhedos e cantina. Produtores: Adega Cooperativa de Borba, Casa de Sabicos, Corte de Cima, Couteiro-Mor, Eborae Vitis e Vinus, Fundação Eugénio de Almeida, Mouchão, Monte do Pintor, Roquevale, Tapada do Barão.
 
Região do Dão: região que ficou um pouco esquecida, pois os vinhos que entravam no Brasil até alguns anos atrás eram de grandes empresas preocupadas apenas em volumes de produção e atuavam com vinhos comuns. Hoje, desponta novamente com uma nova força da área vitivinícola portuguesa com vinhos refinados, equilibrados e modernos. Produtores: Quinta da Falorca, Quinta do Cerrado.
 
Região do Douro: mais antiga região de vinhos demarcada do mundo, em 1756, pelo então Marquês de Pombal. Historicamente muito conhecida pelos excelentes vinhos do Porto, hoje elabora vinhos secos de performance internacional com muito mais ênfase. Produtores: Bago Touriga, Burmester, Quinta da Brunheda.
 
Região da Estremadura: região que até meados do século era responsável única e exclusivamente pela elaboração de vinhos que supriam o consumo e o mercado de Lisboa. Através de investimentos da União Européia iniciou um processo de modernização que resultou em vinhos de grande qualidade a preços justos. Produtores: Fonte das Moças.
 
Vino!
Des. Otavio do Amaral, 515
Fone: (41) 3335-6070